Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

o dia em que o medo ficou para trás

por Vieira do Mar, em 25.04.14

Na manhã de 25 de Abril de 1974 eu estava em casa com a minha mãe. Tínhamos um estranho rádio rectangular que se estendia no cimo do frigorífico, num canto da cozinha. Sentia-se qualquer coisa no ar e as notícias sucediam-se, inconsistentes e confusas. O país agitava-se lá fora e nós duas, presas naquela pequena cozinha, num apartamento que então era quase periferia, esperávamos. Eu esperava porque a via esperar. Sabia da Pide, pelas intempestivas revistas aos livros na estante de fórmica da sala; Sartre, Neruda, Marx, Moravia, Beauvoir, Sophia, tantos outros;  e aos discos de Zeca Afonso, Carlos Paredes, Joan Baez, às canções francesas, e às cortinas de crochet feitas pelas minha avó, não fossem esconder subversões na sua transparência. No andar de baixo, os meus tios, recém retornados e comunistas activos, sofreram mais na pele, mas deles só recordo, na altura, o silêncio. Ao fim de algumas horas de nervos e ignorância (o meu pai havia saído para trabalhar), aconselham-nos a ficar em casa porque estaria a decorrer um golpe de Estado, feito por militares. Alguém falou no quartel do Carmo. Ficar em casa. Não sair, podia ser perigoso. A minha mãe enfia-me um casaco à pressa, pega-me na mão, e saímos para a rua, com a urgência da liberdade prenunciada. Nesse dia, acenámos aos chaimites, recebemos sorrisos e munições que não mais serviriam para matar. Ainda a Revolução ia em curso, e já deixáramos o medo para trás.

 

 

(a minha mãe, belíssima, sempre na linha da frente)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Favoritos