Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

momento pantene

por Vieira do Mar, em 29.09.09

E depois havia aquela coisa do cabelo dele, de lhe poder mexer, do prazer que lhe dava revolvê-lo e fazê-lo seu, às vezes puxá-lo até, como lhe puxavam o dela quando de quatro e de costas. Uma das coisas que sempre detestara nos antigos namorados era quando resolviam rapar o cabelo curto, quando iam à máquina zero, ou um ou dois, e se sentiam mais machos por isso, qualquer coisa de GI Joes, nunca percebera muito bem. Não gostava dos crâneos alvos, das orelhas salientes nem das curvaturas daquelas nucas masculinas sem segredos para contar. Mas ele tinha cabelo, um cabelo escuro e fino onde dava gozo enfiar as mãos e cofiar por uma eternidade, enquanto ela por baixo. Era então que aproveitava e  espraiava os dedos, escorregando-lhos pela franja que lhe caía para a testa, enfiando-os por dentro enquanto ele a fitava no escuro,  os olhos azuis muito colados ao rosto dela, tentando, por um lado descortinar-lhe os planos (que por acaso eram nenhuns), e,  por outro,  que ela o entendesse (o que era inútil). Um ritual importantíssimo para ela, aquilo,  nem ele imaginava o gozo sensorial que lhe dava, nem as ilações absurdas que dali retirava, deitando contas à vida, enquanto alisava, agarrava e cheirava.  Não fazia a mínima ideia se se continuariam a ver ou se tudo acabaria ali, mas o cabelo dele, naquela noite cativo das suas mãos gulosas, foi por momentos  um excelente indicativo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D