Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

armas rombas, falhas tácticas e gente ferida

por Vieira do Mar, em 18.07.09

Era por isso que ela o queria ver de perto, farejá-lo primeiro como um bicho desconfiado e amá-lo depois sem condições:  para se assegurar da loucura que lhe bailava nos olhos; essa loucura onde se via e reconhecia como num espelho,  essa desordem súbita que lhes enevoava por vezes  o discernimento e  lhes deitava tudo a perder por dá cá aquela palha. Havia neles um desarranjo interior selvagem e violento,  que  num momento tudo queria  mas depois tudo perdia só porque sim, um buraco negro onde nenhuma lógica matemática os poderia salvar, uma loucura enredada em si mesma, em círculos a morder-se a cauda, um desvario que acalmavam  com o envio, para as suas guerras interiores, de milhares de pequenos soldados seguros de si e razoáveis. Cada um com o seu exército carregado das defesas possíveis, porque aquilo eram mais armas rombas, falhas tácticas e gente ferida do que outra coisa.  Travavam quase diariamente batalhas sangrentas onde  combatiam desejos enegrecidos e a vontade de renegar uma felicidade prospectiva por  pura teimosia, como se viver fosse um jogo arbitrado por um fraco que, a pedido,  lhes concedesse  segundas e terceiras oportunidades para  fazerem  as jogadas certas, fechando os olhos às erradas. Não é.  

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D