Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

...

por Vieira do Mar, em 25.07.07
O matraquilho tonto conhecido por “líder da oposição”, quer o “Caso Charrua” na Assembleia e acusa a Directora da Região de Educação do Norte de ter usado “métodos pidescos”, sendo que deve ser esta a “dar o exemplo”. A falta de profissionalismo e de rigor da maior parte dos políticos, como demonstra Marques Mendes, é confrangedora. Se a Ministra da Educação, superiora hierárquica da desfavorecida criatura que suspendeu o professor, veio arquivar o processo, considerando que este nada fez de mal, então, das duas, uma: ou a criatura estava distraída, ou agiu com excesso de zelo ou abuso de poder, violando assim os seus deveres (de acordo com a legislação do trabalho ou, mais especificamente, da função pública). Em qualquer dos casos, é situação para ser apreciada em processo disciplinar próprio, a fim de se apurar se aquela excedeu ou não os poderes maneirinhos que lhe couberam em sorte. Portanto, a questão é prosaica, e nada romântica (e, muito menos, moral): não se trata de apurar se os métodos foram ou não “pidescos”, mas, sim, se foram ou não “legais”, em termos administrativos (e, quiçá, penais). Está certo que os políticos gostam de usar uma linguagem simplória e demagógica que caia no goto do povão, mas o amadorismo bacoco e a ausência de qualquer rigor técnico naquilo que fazem e dizem, isso sim, devia ser sancionado. Se não nas urnas (pois o povo, ao contrário do que dizem, raras vezes é sábio), pelo menos, administrativamente (por exemplo, a cada declaração pública que se assemelhasse a um bitaite de café, deveriam ser obrigados a ouvir um CD inteirinho do Michael Bolton ou do João Pedro Pais) .

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D