Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

abaixo a bershka e o look trash suburbano

por Vieira do Mar, em 09.04.10

De há uns anos a esta parte, é sempre a mesma coisa: as montras das lojas de roupa espraiam as suas colecções de Primavera,  invariavelmente uma espécie de moda trashy suburbana que cuida de que as miúdas, com os poucos euros de que naturalmente dispõem, mantenham o look lil´slut. Olha-se os manequins e aquilo é tudo à base de muito poliester colorido e de muita ganga carcomida: ele é a meia pelo joelho à colegial muito naughty, o soquete com a sandália de salto alto com o dedão a espreitar (vómito), o mini kilt por cima das leggings (sim: odeio leggings), uma profusão de echarpes rafeiras e desbotadas a enforcar pescoços impossivelmente magros, umas correntes presas nos cintos grossos à gangue da cova da moura, uma luvas sem dedos que aquilo nem a Madonna há trinta anos, uma data de coletes manhosos sobre blusas enxovalhadas, e folhos, muitos folhos: uma folharada que aparece por todos os lados, mas que tapa quase nada. Manequins que,  entretanto, têm alvas perninhas de alicate com joelhinhos ossudos metidos para dentro e umas boquinhas semi-abertas com ar de quem tanto pode estar a lamber um chupa de morango como a preparar-se para um broche ao transeunte mais próximo. Detesto. E não é por causa do broche, nem do apelo que se faz a um modelo de juventude entre o debochado, o desleixado e o anoréctico: todos sabemos que a perversidade feminina é inversamente proporcional à idade, e que na verdade atinge o seu expoente quando ainda somos lolitas - e não quando temos de começar a negociar e a contemporizar porque só a beleza já não nos chega para podermos ser cruéis. É porque põe as miúdas menos giras e lhes dá um ar vulgar e standardizado: podiam parecer putas, mas umas putas engraçadas e com bom-gosto, tipo Julia Roberts depois de o Richard Gere a mandar às compras com o cartão de crédito dele (sem o espavento do Rodeo Drive, é certo,  e sem os calções-saia dos anos oitenta, graças a deus). Assim,  andam todas igualmente  mal-vestidas, parece que atacam todas na mesma esquina e que apanharam todas a mesma DST. Malditas bershkas, stradivarius e quejandas, que insistem em standardizar a vulgaridade adolescente, o mau gosto e a péssima qualidade dos tecidos, que (ainda por cima) nem aguentam a merda de uma centrifugaçãozinha.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D