Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

o caso da setoura chanfrada

por Vieira do Mar, em 19.05.09

O episódio da professora maluca  não me deixa propriamente pasma de horror; choca-me mais que a dita, segundo afirma a dada altura por entre perdigotos raivosos,   ter mais seis anos de escolaridade para além do 12º ano e, não obstante,  dizer fizestes e amiguíssimos. Professores chanfrados é o que há mais, principalmente no secundário, em que é preciso ser-se muito bem estruturado psicologicamente para se aguentar com turmas de adolescentes a transbordar de hormonas desafiadoras. Tenho neste momento dois filhos no liceu, um numa escola pública, outro numa privada supostamente conceituada, e os episódios de prepotência amalucada e desgovernada de representantes da classe docente são tantos e tão variados que nós, pais, já nem nos damos ao trabalho de fazer queixa, limitando-nos a fornecer aos miúdos algumas guidelines para que se saibam defender -  o que passa basicamente por fazerem ouvidos de mercador quando é preciso, desvalorizando os dislates. É claro que o comportamento grosseiro e intimidante da criatura é aberrante e deve ser punido,  até porque é ela, naquele momento, a responsável por uma turma de miúdos de 12 anos que  estão a penar com aquele triste espectáculo; mas, se é verdade que é nosso dever protegê-los, há aqui também uma liçãozinha de vida que podem aproveitar: é que o mundo é muito feito de gente desta laia, só que uns disfarçam melhor que outros, e há que ir treinando as jovens cabecinhas para separarem o trigo do joio e deitarem fora o que não presta, ao menos metaforicamente.  De resto, a tutela  fez o que devia, parece-me: perante as evidências,  suspendeu a louca chanfrada,  pelo que não percebo porque é que os arautos do costume insistem em culpar  Sócrates e/ou a Ministra da Educação, santa paciência. Depois não querem que o homem se arme em vítima.   

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D