Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

Controversa Maresia

um blogue de Sofia Vieira

then I asked you to dance

por Vieira do Mar, em 26.02.09

 

 (com os Duran Duran a coisa piava mais fino. vindos a Portugal  pela mão desse nosso Jay Leno - embora sem o sentido de humor -  que  era  o Júlio Isidro,  os grupos da new wave britânica sucediam-se cá no burgo e fingiam que tocavam num estúdio para os lados do Lumiar. ali,  debaixo do calor infernal dos holofotes, umas dúzias de adolescentes bem comportadas e sem direito a histerias - era o inicio dos oitenta, a liberdade  começava ainda a espreguiçar-se -  os aplaudiam com a devida contenção, embora o coração aos pulos e algumas até um bocadinho molhadas, que raio é isto que sinto entre as pernas, eles ali tão perto que quase lhes podíamos tocar. cada uma tinha o seu,  assim se evitando quaisquer conflitos derivados da posse. eu,  claro, escolhi o mais alto de todos, o guitarrista*, uma criatura escanzelada de ar andrógino, que achava lindo de morrer. graças à generosidade da  mãe de uma amiga que trabalhava na RTP, fui uma das felizardas naquele estúdio pobrezinho do Lumiar com direito a autógrafo no final, por entre o mutismo e indiferença do escanzelado e um agradecimento meu em inglês feito com uma pronúncia pedante que pretendia imitar a do Sebastian do Brideshead Revisited, série que então passava na televisão. sim, a televisão era muito o centro do nosso mundo, credo. antes tivesse ensaiado uma pronúncia das docas e dado uma de Eliza antes de pigmaliada pelo professor, se calhar tinha-me safado melhor, ao menos ele percebia. bom, mas o que interessa é que esta continua a ser uma boa canção para arrancar suspiros, desde que  fechemos os olhos e esqueçamos as poses, as cabeleiras, os maneirismos e os atavios.)

 

 

 

*adenda: recebi entretanto este esclarecimento da Carlota, que agradeço (a senilidade já começa a fazer das suas)  e que não resisto em transcrever: " (...) relativamente aos DD, o mais alto era o 'baixista'. Ainda o sei porque com o guitarrista - o mais feio - fiquei eu, que fui a última a escolher no meu grupo de amigas."

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D